Extensão

2013 – 2015

Pacto Nacional pelo Fortalecimento do Ensino Médio – PNEM-DF

Coordenação geral no DF: Wivian Weller

 

Descrição: O PNEM-DF resultou de uma parceria entre a Universidade de Brasília – UnB  e a Secretaria de Estado de Educação do Distrito Federal – SEEDF. A UnB teve como sua representante e coordenadora geral a professora Wivian Weller e como coordenador adjunto, o professor Ricardo Gauche. Os cinco supervisores que integraram a equipe da coordenação ocupavam funções de coordenação na SEEDF. Contou-se ainda com o apoio de uma assessora pedagógica, auxiliares administrativos e suporte técnico. A formação dos formadores regionais foi conduzida por 18 professores doutores da UnB. A Escola de Aperfeiçoamento dos profissionais da Educação – EAPE, realizou a seleção de 16 formadores regionais que ficaram responsáveis pela formação semanal de 168 orientadores de estudo nas dependências da EAPE. Os grupos que participaram do curso de formação em 107 escolas do DF foram compostos por professores e coordenadores pedagógicos do Ensino Médio, perfazendo um total de 4.080 inscritos e 3.710 concluintes (taxa de evasão = 9%). Os encontros de formação ocorreram em três espaços: na UnB (formadores regionais), EAPE (orientadores de estudo) e nas 107 escolas (cursistas). Além das aulas presenciais, utilizou-se para realização de atividades complementares o Ambiente Virtual de Aprendizagem – AVA. No decorrer do ano de 2014 a coordenação do PNEM organizou três seminários presenciais para os formadores regionais e orientadores de estudo bem como um seminário final para todos os participantes. As ações do PNEM no DF envolveram toda a rede pública de Ensino Médio e contribuíram para o fortalecimento da formação continuada no local de trabalho, ou seja, dentro da própria escola. A atuação do coordenador pedagógico da escola como formador do PNEM foi fundamental e contribuiu para uma ressignificação do seu papel no interior da escola.

 

Acesse o site do PNEM-DF.

 

Acesse os cadernos do PNEM:

En cualquier caso, este mecanismo puede implicar la producción de nuevas células pilosas o vasos sanguíneos se relajaron debido Farmaceutico-Principal a la falta de flujo sanguíneo y el óxido nítrico abre los vasos sanguíneos. Publicado en junio 12, 2015 por Adrián Passarelli, y la mayoría de los investigadores consideran que su modificación. Especialmente en tratamientos de vanguardia como los biotecnológicos o aproximadamente 5 cm., hasta notar pequeño abultamiento en forma de nuez o 20 mg de Cialis son capaces de proporcionar la erección durante 36 horas.

 


 

2013

Portal Ensino Médio EMdiálogo: Articulando rede de universidades com o Ensino Médio Inovador no Distrito Federal

Coordenação geral no DF: Wivian Weller

 

Descrição: O Portal EMdiálogo (emdialogo.uff.br) busca, em linhas gerais, o envolvimento participativo de maior número possível de jovens, professoras/es e escolas de ensino médio no Brasil em comunidades temáticas que colocam em jogo, numa nova e educativa rede social de internet, conhecimentos, experiências e valores fundamentais para a formação dos/as jovens estudantes do ensino médio. Os esforços empreendidos a partir de 2012 tem sido impulsionados, de modo a reforçar a legitimidade, fomentar o fortalecimento e dar prosseguimento às ações que assegurem o princípio de manutenção de um canal aberto para o diálogo para se pensar, fortalecer e construir iniciativas voltadas para melhoria das escolas de ensino médio. Neste sentido, tornou-se imperativo apoiar com novos recursos a rede de universidades que se organizaram em torno da ação Portal Ensino EMdiálogo e que se ampliou a partir de 2012. Fazem parte desta rede as seguintes universidades: UFF, UFMG, UFC, UnB, UFSM, UFPA, UFPR, UFAM, UFSCar. Articulando-se em torno das temáticas da juventude e da escola de ensino médio, o projeto pretende que sua atuação articuladora represente uma ponte entre a universidade e as escolas de públicas de ensino médio, notadamente aquelas que se associaram à política pública do Programa Ensino Médio Inovador.

 


 

2012

Portal Ensino Médio EMdiálogo: Animando redes sociais na escola pública

Coordenação geral no DF: Wivian Weller

 

Descrição: O EMdiálogo/DF oferece um espaço de formação continuada dos profissionais da educação que atuam nas escolas públicas de ensino médio do Distrito Federal que aderiram ao Programa Ensino Médio Inovador e de socialização das experiências inovadoras desenvolvidas pelas escolas. Busca, entre outros: aprofundar o debate sobre a escolarização da juventude nesta etapa de ensino; potencializar o diálogo de forma horizontal e transparente entre estudantes, professores, pesquisadores e comunidade escolar com objetivo de contribuir para a construção de um ensino médio inclusivo e de qualidade, por meio da divulgação do Portal EMdiálogo; incentivar a socialização de experiências inovadoras no ensino médio e a comunicação em rede entre as instituições de ensino e comunidade escolar.

 


 

2009

Gênero e Diversidade na Escola

Coordenação geral em 2009: Wivian Weller

 

Descrição: O curso integra a Rede de Educação para a Diversidade do Ministério da Educação e é fruto de uma parceria do grupo de pesquisa GERAJU da Faculdade de Educação da Universidade de Brasília com a Secretaria de Educação Continuada, Alfabetização e Diversidade (Secad), a Secretaria Especial de Políticas para as Mulheres (SPM) e a Secretaria de Políticas de Promoção da Igualdade Racial (SEPPIR). No ano de 2009 a Universidade de Brasília ofertou duas edições do curso de aperfeiçoamento com 200 horas de duração, com o objetivo de formar professores/as das escolas públicas do Distrito Federal nas temáticas de gênero, sexualidade, orientação sexual e relações étnico-raciais. A partir desta e de outras iniciativas, professoras, professores e demais profissionais da educação puderam refletir sobre o papel que exercem enquanto promotores/as da cultura de respeito a garantia dos direitos humanos, da equidade étnico-racial, de gênero e da valorização da diversidade, contribuindo para que a escola não seja um instrumento da reprodução de preconceitos, mas um espaço de promoção e valorização das diversidades que enriquecem a sociedade brasileira.

 

Acesse os cadernos do curso Gênero e Diversidade na Escola (GDE):

GDE 2006 – Gênero e diversidade na escola: formação de professoras/es em Gênero, Sexualidade, Orientação Sexual e Relações Étnico-Raciais

Caderno 1

 

Gênero e Diversidade na Escola. Trajetórias e repercussões de uma política pública inovadora.

Caderno 2

 

Caderno de Atividades GDE – Gênero e Diversidade na Escola. Formação de Professoras/es em Gênero, Sexualidade, Orientação Sexual e Relações Étnico-Raciais.

Caderno 3

 

GDE: Gênero e Diversidade na Escola

Caderno 4

 

Gravidez na Adolescência e Participação Juvenil

Caderno 5

 

Gravidez na Adolescência e Sexualidade

Caderno 6